Home Data de criação : 08/08/13 Última atualização : 12/11/18 14:02 / 29 Artigos publicados

DELÍRIO - de Vanessa da Mata  escrito em domingo 10 abril 2011 09:04

Blog de poesiaseroticas :POESIAS ERÓTICAS, DELÍRIO - de Vanessa da Mata

                                                        D E L Í R I O

Dá o seu gosto de desejo

Dá os seus olhos de menino

Sem regra ou comprometimento

Sem se importar com que for vendo

Nossa sede de liberdade

Eu quero é dançar da forma que me der

A música expondo seu corpo a vontade

Nas incontáveis formas de se divertir

Dá o seu gosto de desejo

Dá o seu beijo despojado

Seus pensamentos mais intensos

O seu rosto de pecado

Nos gemidos que desordenam

Nas mãos que me fazem entender Adão

A música expondo seu corpo ao delírio

Nas incontáveis formas de se divertir.

. De  Vanessa  Da Mata

Postado por Nicéas Romeo Zanchett

http://poesiasselecionadas.spaceblog.com.br

http://amoresexo-arte.blogspot.com.br

 

permalink

CANÇÃO (CB 86) - Dos Carmina Burana  escrito em sábado 21 agosto 2010 15:13

Blog de poesiaseroticas :POESIAS ERÓTICAS, CANÇÃO  (CB 86)  -              Dos Carmina Burana

OBRA ILUSTRATIVA - Escultura em relêvo de Romeo Zanchett                http://www.artmajeur.com/niceasromeozanchett                                            http://romeozanchett-desenhos.arteblog.com.br

                                                    CANÇÃO ( CB 86 )   

                                                                             Dos Carmina Burana

1. Não tateio

o por que anseio;

olho-te em cheio

sem receio

nem rodeio

e o que saboreio

me fascina.

.

Experimenta, menina,

o mebro viril:

quando já senil,

é fraco, vil;

se ainda juvenil,

é papa-fina,

um utensílio

nímio,

exímio,

ágil,

grácil,

cálido,

válido,

gentil,

febril,

varonil

e coisas mil.

                                                                              Dos Carmina Burana

SEXO, AMOR E ARTE

http://gotasdeculturauniversal.blogspot.com.br

Nicéas Romeo Zanchett

permalink

AS PROMESSAS DE UM ROSTO - de Baudelaire  escrito em sábado 21 agosto 2010 14:47

Blog de poesiaseroticas :POESIAS ERÓTICAS, AS PROMESSAS DE UM ROSTO - de Baudelaire

OBRA ILUSTRATIVA - Pintura a óleo de Romeo Zanchett              http://www.artmajeur.com/niceasromeozanchett                                                                                  http://romeozanchett-desenhos.arteblog.com.br

                                         AS PROMESSAS DE UM ROSTO

Amo, ó pálida beleza, os teus cenhos curvados

Que dão às trevas todo o império;

Teus olhos, embora negros, me inspiram cuidados

Que não têm nada de funéreos.

.

Teus olhos, que imitam a negrura dos cabelos

Da tua longa crina elástica,

Teus olhos langues me dizem:

"Amante, se o apelo

Queres seguir da musa plástica

.

Que infundimos no teu ser, ou tudo que contigo

Em matéria de gosto trazes,

Poderás ver, desde as nádegas até o umbigo,

Que nós te fomos bem verazes;

.

Encontrarás, sobre dois belos seios pontudos,

Dois grandes medalhões de bronze,

E sob o ventre liso, macio como veludo,

Amorenado como bronze,

.

Um rico tosão que à tua enorme  cabeleira

Copia no negrume e na espessura;

De tão sedoso e encrespado, ele te iguala inteira,

Noite sem astros, Noite escura!"

                                                                                                               Baudelaire

SEXO, AMOR E ARTE

http://amoresexo-arte.blogspot.com.br

Nicéas Romeo Zanchett

permalink

HOMENAGEM DE VIDA - Poema de Verlaine  escrito em terça 17 agosto 2010 10:47

Blog de poesiaseroticas :POESIAS ERÓTICAS, HOMENAGEM DE VIDA - Poema  de Verlaine

Obra Ilustrativa - Desenho de Romeo Zanchett  >>>> 

 http://romeozanchett-desenhos.arteblog.com.br

http://gotasdeculturauniversal.blogspot.com.br

                                    HOMENAGEM DE VIDA

Deito-me de comprido no seu leito morno

A claridade do dia está mais de acordo

Com a ânsia obscena de prolongar à luz crua,

O noturno festim, pois a luz acentua

O afinco, a fúria do nabo, e vai nisto tudo

Uma estranha vontade de fazer-se galhudo.

.

Nua em pêlo, ela se agacha sobre o meu rosto

Para ser lambida: onde me portei a gosto

E esta será (boa, ela, além do que pensa)

A minha paga, a minha real recompensa.

.

Eu disse real, devia dizer divina:

Nádegas de carne sublime e pele fina,

Branco, puro perfil de azuladas nervuras,

Sulco de intenso perfume, a rosa sombria,

Lenta, gorda, e o poço do amor, as iguarias!

.

Fim do festim, de sobremesa a cona, a lira

Em cujas pregas, cordas, a língua delira!

.

E essas nádegas ainda, lua de dois quartos,

alegre  e misteriosa , em que depois

Irei alojar os meus sonhos de poeta,

Meu terno coração e meus sonhos de esteta!

.

E amante, ou melhor amo em silêncio obedecido,

Reina ela sobre mim, o seu servo rendido.     

.

Poema erótico de Verlaine, o gênio lírico de D.H.Lawrence.      

Nicéas Romeo zanchett 

SEXO, AMOR E ARTE 

Leia em >>  http://amoresexo-arte.blogspot.com.br

       

                                                                                

permalink

TERCEIRO SONETO DE ' LES STUPRA" - Rimbaud  escrito em domingo 15 agosto 2010 04:06

Blog de poesiaseroticas :POESIAS ERÓTICAS, TERCEIRO SONETO DE ' LES STUPRA'  -  Rimbaud

     Obra ilustrativa - Mulher no banho - Óleo de Romeo Zanchett http://www.artmajeur.com/niceasromeozanchett                             

                               TERCEIRO SONETO DE " LES STUPRA" - Rimbaud

Franzida e obscura como um ilhós violeta,

Ela respira, humilde, entre a relva rociada

Inda do amor que desce a branda rampa das

Alvas nádegas até o coração da  greta.

.

Filamento iguais a lágrimas de leite

Choraram sob o vento atroz que os arrecada

E os impe´le através de marnas arruivadas

Até perderem-se na fenda dos deleites.

.

Beijando-lhe a ventosa, o meu

sonho o freqüenta.

A minha alma, do coito material

ciumenta, 

Qual lacrimal e ninho de soluços

usa-a.

.

É a oliva esvaída e é a flauta agreste.

O tubo pelo qual desce a amêndoa

celeste,

Feminil Canaã em seus rocios

reclusa. 

.

Leia também em SEXO, AMOR E ARTE

http://falandodesexoeartecomromeo.arteblog.com.br

Nicéas Romeo Zanchett

permalink
|

Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para poesiaseroticas

Precisa estar conectado para adicionar poesiaseroticas para os seus amigos

 
Criar um blog